sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Cumplicidade

(Makulè)
Não transita no espaço do coração
Lá dentro, flui majestoso
O meu amor, brotando, puro
                              [... novo]

A cumplicidade nos aproxima
Cada vez mais, nos reduzem
A um só ser e a uma só vida
Lábios e olhos que reluzem.

A cumplicidade é toda unida
De amor é mais vontade de amar
A minha e a sua
Extrapolam qualquer medida.

Além do amar, nada há
Amar é essência da vida
Pois quem ama é amada
Sabe que o fim está não aqui
Mas no infinito  ... na eternidade.

Nenhum comentário: